Autoridades do Meio Ambiente adotam medidas para quem jogar lixo e entulho nas ruas e estradas em Vilhena

Publicidade

Representantes que fiscalizam o setor foram conferir o “lixão” que apareceu  na linha 135, ao lado do residencial “União” 

Na manhã desta quarta-feira, 11, autoridades que protegem o Meio Ambiente de Vilhena reuniram à imprensa local para uma coletiva, a fim de tentar resolver o problema do lixo e entulhos que são jogados irresponsavelmente por moradores em locais impróprios.

Jorge Rabello (secretário municipal de meio ambiente), AriJoan Cavalcante (diretor do SAAE) e o Michael Barbosa Silva (policial ambiental) foram até uma área, na linha 135, ao lado do residencial “União”, para demonstrar que, mesmo com as alertas, a população continua jogando todo tipo de material e produtos às margens da linha 135.

Nos dias atuais, o meio ambiente é um tema de grandes discussões, principalmente para buscar soluções de preservação para que as próximas gerações vivam bem.

As consequências geradas no meio ambiente têm grande impacto, e a ação visa conscientizar à população a fim de que o lixo não permaneça no local, prejudicando a saúde dos habitantes.

“O objetivo da coletiva de imprensa é conscientizar à população dos riscos à saúde pública e ao meio ambiente. O município conta com coleta seletiva institucional; contamos com duas cooperativas. Estamos trabalhando firme para que esses crimes não ocorram. Mas, esperamos que os habitantes olhem para isso, sejam parceiros e colaborem”, disse o titular da SEMMA.

Ele informou que a área onde estão sendo jogados os lixos e entulhos é particular. Assim sendo, o proprietário será notificado para providencias. Não cumprindo pela notificação, poderá ser penalizado.

AriJoan Cavalcante pediu a colaboração dos moradores. “Estamos trabalhando e unindo forças para solucionar esse problema. Mas, limpamos várias vezes o local e, mesmo assim, a população continua despejando o lixo na localidade. Estamos clamando pela ajuda e colaboração de todos. Nós já retiramos mais de 100 toneladas de lixo e levamos para o aterro no início da gestão da prefeita Rosani Donadon. É determinação dela que todos nós cuidemos do meio ambiente, dando destino adequado e correto aos resíduos sólidos”, disse o diretor do SAAE.

Ele explicou que os serviços de limpeza poderão ser realizados novamente com o apoio da Secretaria de Obras. “O SAAE não possuí total estrutura, mas em todas as limpezas buscaram parceiros”, salientou.

Segundo Michael Barbosa Silva, representantes da Polícia Ambiental, no local já houve entre 8 a 10 flagrantes. A pessoa que é flagrada jogando lixo naquela região é autuada criminalmente conforme Lei Federal, que prevê pena de 1 a 4 anos de reclusão, além de medidas administrativas.

 

VÍDEO NO SEGUINTE LINK:

 

https://www.youtube.com/watch?v=5itq7mFHB0w&feature=youtu.be

 

 

Secretaria Municipal de Comunicação (SEMCOM)

Prefeitura de Vilhena

Comentários:

Publicidade

Click no banner e saiba mais